quinta-feira, 3 de novembro de 2011

VOCÊ TEM MEDO DE QUÊ?




Eu me considero uma pessoa valente, daquelas que enfrentam o que vier, mas tenho cá meus medos. Aprendi há alguns anos, quando fazia terapia holística que  uma forma de exorcisar nossas angústias é escrevê-las e depois queimar ou rasgar o papel. Faço isso de vez em quando e sempre ensino a alguém que eu percebo estar precisando. Mas, como tenho essa mania de compartilhar minhas listinhas, seguem abaixo meus medos:

  • O pai de todos os meus medos: meus filhos não arrumarem meninas boas para casarem, que sejam companheiras e parceiras de todas as horas! Porque medo de violência e drogas já vem junto com o cordão umbilical!

  • Ligado ao primeiro medo, vem o próximo: Como não tenho filha, morro de medo de na minha velhice não ter alguém para me amparar e cuidar de mim numa necessidade, porque no caso, vou depender das NORAS ( que venham boas, please!)

  • E aí o outro medo: dar trabalho pra minha família, sempre fui muito auto-suficiente e não quero ser encosto pra ninguém!

  • Medo da morte: não por ela em si, mas pelo receio de deixar filhos pequenos sem mãe.

  • Medo mais light: ficar trancada dentro de um elevador escuro, sozinha!

  • Medo animal: RATO! Barata eu mato, cobra eu corro, mas rato gente... me paralisa!!

  • Medo da modernidade: faltar água num futuro próximo agora que somos 7 bilhões a habitar nosso planeta e isto gerar uma guerra!

Esses aí são meus medos mais profundos rsrsrs, alguém por favor comente seus próprios medos para eu não me achar muito doida?

Bjos a todos, até breve.


10 comentários:

Bárbara Saldanha disse...

Vichiiii, são tantos medos:
Medo de ficar careca, principalmente ser for pela doença maldita.
Medo de ficar solteira "for life".
Medo de ficar desempregada, de assalto, de barata, de terremoto, tsunami, afffffff, haja papel para escrever e queimar... rsrsrsrs. Mas os pensamentos positivos e a vontade de que as coisas sigam o melhor caminho não me fazem desanimar.
A sua amizade me conforta muiiiiito, viu?! Beijo e bom final de semana!!!!

luciana disse...

Eu tenho medo de salão de beleza. Isso mesmo: quando estou de olhos fechados enquanto uma tarada com uma pinça na mão arranca compulsivamente os fios de minhas sobrancelhas, fico sofrendo calada imaginando que vou estar careca de sobrancelha ao abrir os olhos; tenho medo também de manicures que querem economizar no açougue e tiram todos os bifes para o jantar (chego a suar frio e elas comentam: nossa, como vc transpira nas mãos!); tenho medo de maquiadores deslumbrados que me deixam com cara de travesti. Pronto, falei. Pode queimar.

Patrícia disse...

Aiaiaia gente tô adorando os medos!! Mandem mais, mandem mais!

A Vizinha disse...

eu tenho medo de não casar e não ter filhos, vale? rs

bjs

http://minhavizinhamecontou.blogspot.com/
@thaisvs

Patrícia disse...

Super vale vizinha! Esse apesar de negado por algumas é um medo básico feminino né!

Paula Kasas disse...

Nussaaaaa...
De avião....ja to passando mal porque vou andar semana que vem....de ficar longe da minha filhota....de ficar sozinha.....de escuro.....de bandido.....e pornai vai...
Bjus, e obrigadabjpela visita.
Volte sempre.
Paula Kasas

Paula Kasas
A Moda em Acabamentos e Complementos

Marion disse...

Ooooi, vi teu recado lá no Vila Mulher... já tô aqui! Alguns desses medos são os meus tb... Marion, do blog http://www.criacoesemfamilia.com
Sempre bem-vinda lá! Abs. Marion

Cyrce Queiroz disse...

Muitos dos seus medos são meus também! Tenho uma filha pequena e moooorro de medo de acontecer qualquer coisa com ela.
Medo de acontecer alguma coisa comigo, e ela sofrer.
Medo de drogas e violência então, como vc disse, já vem no cordão umbilical.
Haja medo!
Bjos
www.frombrasoca.blogspot.com

Unknown disse...

Medo já vem junto no pacote desde bebê não é mesmo !? Alguns eu enfrento, apavorada mas mato uma barata, um rato ou sapo, não troco botijão de gás nem por dinheiro, tremo só de me ver gorda (perdi uma irmã por obesidade morbida e traumatizei) medo que meu filho não seja feliz e principalmente, medo de perder meu marido e ficar sozinha

Patricia Melo Luiz disse...

Adorei a vida é assim mesmo bjus