quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Vídeo muito bacana!


Entre outros sentimentos, digo que é muito divertido ser mãe de dois pré adolescentes! Prova disso é o vídeo que meu rapazinho de 13 anos me mostrou na internet. Motivo: ele e os amigos copiaram detalhadamente a coreografia e apresentaram num trabalho de Educação Física! O grupo  era só de meninos e o professor adorou, deve ter morrido de rir né!

Confiram o vídeo original aqui  . Muito legal!

Beijos

sábado, 19 de novembro de 2011

Oba, eu quero um doce!


Os americanos, quando não acham sobre o que pesquisar inventam né. Mas, dessa vez eu me sinto agradecida a eles por me darem uma excelente desculpa! Uma nova pesquisa, toda elaborada, cheia de teorias e explicações concluiu que pessoas que gostam e consomem doces tendem a ser mais amigáveis!

Isso vai meio que na contra-mão dos malefícios do açucar ao nosso organismo, mas ERA TUDO QUE EU PRECISAVA OUVIR! Todas as vezes que como um doce me sinto culpada por estar cometendo esse crime contra mim mesma e contra a humanidade em geral. Agora, já vou avisando: que ninguém se atreva a questionar meus docinhos, pois tudo que quero é ser cada dia mais amigável!!

E o pior é que faz mesmo sentido esta conclusão dos americanos...Já repararam que nós mulheres principalmente quando magérimas, saradas e lindíssimas no geral ficamos meio mal humoradas? TÁ FALTANDO UM DOCINHO MINHA GENTE! Um cupcake, um petit gateau, uma trufasinha ou uma simples balinha iluminam nosso dia. Eu particularmente, quando estou meio triste a primeira coisa que tenho vontade é de comer uma fatia de bolo de chocolate daqueles bem suculentos. Mas como não moro em uma confeitaria me contento com um quadradinho da barra mesmo.

Bem, informação importantíssima passada, deixo aqui um beijinho a todos!


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Meu sonho de consumo...



Eu sei, eu sei: abaixo o consumismo, viva a sustentabilidade! Mas, já que aqui é um local secreto para desabafos, vou falar o que está rondando na minha cabecinha desde a última sexta-feira, quando tive uma consulta médica.
Se eu ganhar na Mega Sena (e para isto preciso começar a jogar urgente), não torrarei dinheiro com viagens, roupas e sapatos! Meu sonho de consumo é um MOTORISTA!!! Deixemos o lero-lero de lado e convenhamos, deve ser muuuuito bom ter um motorista, gente! Imagine a cena, você cheia de compromissos, não ter que se estressar neste trânsito maldito!.. É muita qualidade de vida - obviamente sob o ponto de vista da madame né, porque o coitado do motorista estaria estressado do mesmo jeito.
E como sou muito boa filha, amiga, nora e até vizinha, eu colocaria motorista pra todo mundo, vivaaaaa! E assim reinaríamos belas e descansadas na cidade caótica que nos obriga a dirigir tensas e de vidros fechados, pelo medo de assalto.
E seríamos felizes para sempre...

The End.

Beijos, até mais.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

11.11.11



Se tem algo que não me caracteriza é SUPERSTIÇÃO! Não sou superticiosa de jeito nenhum! Mas que esta data é bem legal é né! Existem teorias das mais variáveis: catástrofes estão por vir, fim do mundo, abertura de um portal energético na Terra, entre outras mais loucas....

Eu sou da seguinte opinião:

Catástrofes: acontecem todos os dias e com certeza hoje não será diferente;

Fim do mundo: Costumo dizer que com tudo que vem ocorrendo, este mundo já acabou, nós é que somos esperançosos convictos e não damos o braço a torcer;

Abertura do portal energético: tá, se é para escolher uma das alternativas escolho essa, pois, a palavra ENERGIA sempre soou bem aos meus ouvidos! Que venha muita energia positiva e que pela mesma porta saia toda energia negativa que enfrentamos no nosso dia a dia.

Os colegas de escola dos meus filhos colocaram na cabecinha deles que hoje às 11:11h e 11 segundos o mundo ia acabar COM CERTEZA! Eles aflitos viera me pedir para faltar às aulas pois queriam estar comigo quando chegasse a hora, tadinhos!!! Meu argumento foi: "filhos, o planeta é um só. Porém, às 11 da manhã aqui, serão 11 da noite em Tóquio, por exemplo. E aí, o mundo vai acabar em horários diferentes pelo mundo afora? Não se preocupem isso é falta do que fazer das pessoas!"

Mas confesso que como MÃE LOUCA E NEURÓTICA hoje bem cedinho quando vieram se despedir para "pegarem o escolar" quase tranquei a porta para eles ficarem em casa rsrsrs. Mas, se eu não confiar no que digo, eles ficam inseguros então deixei irem (obviamente rezei tudo quanto era oração que me lembrei )!

Mas para finalizar vai aí meu desejo de MUITA PAZ NO MUNDO, MUITA SAÚDE A TODOS, MUITA PERSISTÊNCIA, MUITA BOA VONTADE E MUITA SOLIDARIEDADE!

FELIZ 11/11/11 a todos e um final de semana cheio de luz!!

Bjos

domingo, 6 de novembro de 2011

VOCÊ TEM PRESSA?



Eu vivo com pressa, leio sobre pessoas que vivem com pressa, vejo nos noticiários todos correndo de um lado ao outro APRESSADOS... Mas vocês já param para pensar que em se tratando de fazer o bem, nem sempre temos pressa? E quando digo fazer o bem, não estou falando de não praticar o mal. Estou falando de doação de si mesmo, doação ao próximo.
Quantas vezes já não nos pegamos pensando ou comentando com alguém que temos vontade de fazer um trabalho voluntário ou fazer visita a asilos, orfanatos e creches, mas logo emendamos o tal do "pena que não CONSIGO tempo."
Abro aqui um parêntese ao MEA CULPA, pois não estou servindo de exemplo a ninguém atualmente... Não basta só fazer o que já fazemos rotineiramente, por exemplo, ajudar a pessoa que trabalha em nossa casa, ou o porteiro do prédio. Parto do pressuposto que pessoas do bem fazem isso sem nem perceber, está implícito em suas vidas. Mas é necessário que a gente abra espaço na agenda e no coração para fazer um pouquinho mais.
Às vezes dá um certo medo, pois nem tudo é bonito de se ver. Muitas vezes fui convidada a visitar uma instituição que eu ajudava, a Casa De Apoio ao Câncer Infantil, mas quem disse que tive coragem?!
Hoje porém me pergunto: se as crianças estão enfrentando algo tão ruim, o mínimo que a gente deveria fazer era uma visita, levar um carinho mesmo.
Então estou me propondo esse desafio: vou visitá-los, não sei quando, não sei se de forma programada ou se num dia que me "der na telha". MAS EU VOU ME FORÇAR A DAR ESSE PRIMEIRO PASSO. Quando eu estudava no colégio de freiras íamos semanalmente ao asilo e eu sentia um misto de muita dó e uma satisfação enorme em ver a alegria dos idosos ao nos receber.
Uma coisa eu garanto: eles me fizeram um bem muito maior do que eu fiz a eles. Eles me despertaram para solidariedade, amor ao próximo, valorização do outro como ser humano.

Apenas ua gotinha no oceano das necessidades deste nosso mundo de desigualdades, mas uma gotinha feita de boa vontade.

E não é de pessoas de boa vontade que o mundo está precisando?

Beijos a todos e uma ótima semana.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

VOCÊ TEM MEDO DE QUÊ?




Eu me considero uma pessoa valente, daquelas que enfrentam o que vier, mas tenho cá meus medos. Aprendi há alguns anos, quando fazia terapia holística que  uma forma de exorcisar nossas angústias é escrevê-las e depois queimar ou rasgar o papel. Faço isso de vez em quando e sempre ensino a alguém que eu percebo estar precisando. Mas, como tenho essa mania de compartilhar minhas listinhas, seguem abaixo meus medos:

  • O pai de todos os meus medos: meus filhos não arrumarem meninas boas para casarem, que sejam companheiras e parceiras de todas as horas! Porque medo de violência e drogas já vem junto com o cordão umbilical!

  • Ligado ao primeiro medo, vem o próximo: Como não tenho filha, morro de medo de na minha velhice não ter alguém para me amparar e cuidar de mim numa necessidade, porque no caso, vou depender das NORAS ( que venham boas, please!)

  • E aí o outro medo: dar trabalho pra minha família, sempre fui muito auto-suficiente e não quero ser encosto pra ninguém!

  • Medo da morte: não por ela em si, mas pelo receio de deixar filhos pequenos sem mãe.

  • Medo mais light: ficar trancada dentro de um elevador escuro, sozinha!

  • Medo animal: RATO! Barata eu mato, cobra eu corro, mas rato gente... me paralisa!!

  • Medo da modernidade: faltar água num futuro próximo agora que somos 7 bilhões a habitar nosso planeta e isto gerar uma guerra!

Esses aí são meus medos mais profundos rsrsrs, alguém por favor comente seus próprios medos para eu não me achar muito doida?

Bjos a todos, até breve.